Menu

banner

Indicação de Implante

A técnica, que também é conhecida como “ouvido biônico”, consiste no implante cirúrgico de uma prótese eletrônica para ouvir e poder comunicar melhor. O aparelho estimula diretamente as fibras do nervo auditivo e substitui parcialmente as funções da cóclea, transformando os sinais sonoros em sinais elétricos, que são transmitidos ao centro cerebral da audição. Crianças portadoras de deficiência auditiva de grau profundo podem ser candidatas ao implante a partir dos 12 meses de idade.

A cirurgia é indicada em adultos portadores de deficiência auditiva sensorial bilateral de grau severo, que não conseguem escutar e entender 40% dos sons mesmo com próteses auditivas ou, ainda, aqueles que apresentam perdas profundas. A prótese do implante e a cirurgia têm a cobertura de muitos planos de saúde.

Implante em crianças

Em geral, o implante em crianças deve ocorrer o mais precocemente possível, para que o impacto da privação sensorial nos primeiros anos de vida seja minimizado. Quando a cirurgia é feita na fase pré-lingual, antes dos três anos, os resultados são promissores.

Já quando é realizada em crianças com mais de quatro anos e que apresentam surdez pré-lingual, o desenvolvimento da comunicação é um pouco mais lento e difícil – isso porque há necessidade de, simultaneamente, aprender a linguagem e a audição.

voltar ao topo